ECOTURISMO: ótima proposta para interagir com a natureza!

O ecoturismo é um estilo de turismo voltado para proporcionar o lazer em áreas primitivas e regiões ambientais, tais como parques ou reservas ecológicas.

É uma modalidade que tem como objetivo a sustentabilidade e a conservação de ambientes naturais, permitindo enriquecer o conhecimento e proporcionar ao turista a vivência ecológica.

Principalmente aprendendo a preservar e apreciar os ecossistemas.

O ecoturismo é perfeito para quem busca uma conexão com a natureza, e a oportunidade ímpar de conhecer espécies de animais, entre elas aves silvestres, animais ferozes e também domesticados.

Muitos parques permitem a participação em projetos de conscientização e atividades ao ar livre, por exemplo trilhas, acampamentos e escaladas.

Ecoturismo: O reencontro do homem com a natureza!

Já em alguns lugares – além das belezas naturais – podemos também entrar em contato com animais de todos os tipos:

  • Os selvagens: como leões e outros mamíferos perigosos, quando o projeto de viagem for para as savanas africanas, por exemplo;
  • Animas também perigosos e bem mais comuns quando o ecoturismo é aqui no Brasil, entre eles jacarés, onças, cobras gigantes e outros;
  • Bichos amigáveis, como pequenos roedores, macacos e pássaros silvestres de toda espécie;
  • Animais comuns e domesticados como cães e gatos;
  • E também, vacas, cavalos, ovelhas e outros.

Esse tipo de turismo também apresenta grandes vantagens em fatores culturais, pois além de haver a conscientização sobre a importância de conservar o meio-ambiente, também ajuda a divulgar belas paisagens e belezas naturais do país para o mundo.

Ecoturismo: Crescimento acelerado x necessidade de contenção

Para funcionar adequadamente, o ecoturismo respeita normas e regras para preservação do ambiente, como proibição de caça e pesca, distanciamento para fotografias, desmatamento, poluição e qualquer interferência horrenda e que prejudique o meio ambiente.

Muitos hotéis e instalações construídos nessas áreas podem gerar lixo e crescimento urbano desorganizado em regiões ecológicas.

Por isso é muito importante que tanto estas empresas quanto os turistas tenham cuidado ao praticar suas atividades.

Nas áreas remotas, impreterivelmente ocupadas por animais não dóceis, estes sentem a presença humana e acabam modificando o comportamento e também seus hábitos.

ecoturismo

ecoturismo

Há estudo, inclusive com a participação de brasileiros sobre a influência humana nesses habitats, apontando como sendo negativa.

No Brasil, o alto nível de crescimento do setor, indica que o interesse de pessoas vem aumentando em apreciar as belezas naturais, considerando a imensa riqueza que aqui temos.

No entanto, como citamos, a presença humana tem interferência nem sempre positiva.

Violando a privacidade e zona territorial do animal, que de uma forma ou de outra se sente coagido.

Mas não apenas os animais podem sofrer danos!

A flora também sofre algum tipo de estresse, justamente pelo não cumprimento da Lei, no que diz respeito a abertura de trilhas, campings clandestinos e o pior crime de todos, usurpação de animais, principalmente pássaros exóticos.

Resumidamente, se aplicado de forma correta e fiscalizado, o ecoturismo gera inúmeras vantagens para nosso planeta e grandes aventuras para quem procura por lazer e diversão!

Mas é fundamental a conscientização dos idealizadores de projetos e daqueles que desejam usufruir dos passeios!